EMUFRN explora o cinestésico de corpo e voz

Ana Beatriz Vilar de Agecom/UFRN

A Escola de Música da UFRN (EMUFRN) realiza, na próxima sexta-feira, 29, a ação Masterclass Cantos Populares para destacar a relação corpo e voz com a intérprete e educadora vocal Fabiana Cozza (SP), que, há 22 anos, estuda voz e canto. Na oportunidade, Cozza conduzirá ações que destacam a relação corpo-vocalidade, além de trabalhar o canto coletivo numa perspectiva que enfatiza as dimensões do canto afro-brasileiro, seu saber-na-prática, o canto-resposta e a importância do uníssono sob uma ótica musical decolonial e afrodiaspórica.

Fabiana Cozza, instrutora de Masterclass Cantos Populares. Foto: José de Holanda

Ao contrário da aula de canto tradicional, com a figura do professor de canto, o piano e uma sequência de exercícios vocais, a ação promovida pela EMUFRN busca com uso da musicalidade do movimento e do canto o desenvolvimento da memória cinestésica. A conexão entre corpo e mente proporciona  aos musicistas, cantores e compositores a capacidade de  identificar, captar, assimilar e transformar os aspectos relacionados com a música como ritmo, som e timbre.

De acordo com a pesquisadora Fabiana Cozza (SP), a voz ou a construção de uma voz é maior do que apenas o ato de falar, por isso o trabalho do intérprete não poderia estar apenas no conhecimento da anatomia das pregas vocais. Cantando e ouvindo juntos, por meio da prática do canto-resposta, os participantes da oficina trocam percepções sobre música em  um tipo de canto coletivo no qual uma voz “chama” a resposta das outras vozes. Ou seja, uma voz entra com o tema inicial e é seguida pouco tempo depois por uma resposta das outras vozes.

A presença do canto afro-brasileiro no workshop marca não só a essência e a herança de Fabiana, mas também do coordenador do evento, Ricardo Alexandre de Freitas Lima, musicista e professor de história e canto popular da EMUFRN. As práticas e análises do professor sobre o canto popular enfatizam a utilização da semiótica da canção, as gestualidades vocais e as vocalidades, além da história da canção popular, para compor um arranjo pautado pela abordagem cancional.

Cozza ainda diz que Corpo da Voz, nome da prática utilizada na oficina, é uma experiência de propriocepção a partir de jogos e exercícios que exploram aquecimento corporal/vocal,  respiração, consonância música, articulação, ressonância, repertório, imaginação, criação e interpretação. Os trabalhos começarão às 13h30 e se encerram às 16h. Fabiana Cozza vai participar de forma remota, pois Corpo da voz está presente em outras instituições de ensino musical além da EMUFRN. Discentes, servidores técnico-administrativos, docentes, musicistas, cantores, compositores, ouvintes, estudantes interessados em conhecer mais sobre o canto coletivo e a comunidade acadêmica em geral devem realizar a inscrição diretamente no Sigaa.

Recital Palestra – Homenagens no Játekok de György Kurtág (n. 1926)

Na sexta-feira, dia 29 de abril, a EMUFRN receberá o compositor e pianista argentino Diego Macias Steiner em recital-palestra dedicado à obra Jatekók do compositor György Kurtág. Steiner vem se dedicando a estudar e divulgar este repertório tendo trabalhado sua performance com o próprio compositor.

Os Jatekók (jogos) começaram a ser compostos em 1973, já somam 10 volumes e são um testemunho da trajetória de Kurtag e de sua relação com a docência e com o piano. Nascido em 1926, na cidade de Lugoj, na Romênia, filho de húngaros, as referências musicais e culturais de Kurtág permeiam seus Jatekók. 

Kurtág afirma: “A ideia para a composição de jogos foi proporcionada pela criança que brinca esquecida de si mesma. À criança, para a qual o instrumento ainda é um brinquedo.” A exploração de sonoridades, novos gestos e uma concepção lúdica do instrumento são algumas das características que atravessam a série de jogos. 

O recital palestra enfocará as peças da série que contém homenagens a outras músicas e compositores. Todos os interessados em conhecer o rico universo musical e de performance dos Játékok estão convidados ao Recital Palestra de Steiner.

[PPGMUS 2022] Pós-graduação em música abre inscrições

O Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPGMUS/UFRN), nos termos da Resolução Nº. 197/2013 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) de 10/12/2013, e em consonância com a Portaria n.20/2020 da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFRN que, em face dos efeitos da Pandemia da COVID-19 e do distanciamento social imperativo, autoriza a realização de processos seletivos nos programas de Pós-graduação desde que sem etapas presenciais respeitando as demais normas vigentes, torna público o presente edital que regulamenta as normas para solicitação de inscrição no processo seletivo para o preenchimento das vagas do Curso de Mestrado Acadêmico em Música, com ingresso para o segundo semestre letivo de 2022.

As inscrições serão solicitadas entre os dias 01/04/2022 e 28/04/2022.

Os candidatos solicitarão inscrição e encaminharão documentos em PDF exclusivamente via internet pelo sistema eletrônico de processos seletivos da UFRN através do SIGAA, no endereço:

http://www.sigaa.ufrn.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf?nivel=S&aba=p-stricto O tamanho máximo de arquivo suportado pelo sistema é de 5MB.

O candidato poderá visualizar seu Resumo de solicitação de Inscrição do Processo Seletivo conforme o passo a passo:

1) https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf?nivel=S;

2) Ir no campo: Pós-graduação > Stricto sensu;

3) Área do Candidato – Processo seletivo;

4) Clicar em buscar;

5) Aparecerá: Inscrições realizadas em Processos Seletivos – Stricto sensu;

6) Ao clicar em visualizar questionário, o candidato poderá conferir os dados e documentos inseridos no SIGAA durante a solicitação de sua inscrição.

Não serão aceitas solicitações de inscrição que não sejam encaminhadas pelo sistema eletrônico de processo seletivo da UFRN através do SIGAA ou após a data definida em Edital. Os candidatos não poderão sob quaisquer circunstâncias acrescentar ou substituir qualquer documento à sua solicitação de inscrição após o prazo definido em Edital para encaminhar o pedido de inscrição.