EMUFRN recomenda volta do uso de máscaras

EMUFRN recomenda volta do uso de máscaras

Diante do aumento dos casos da Covid-19 e sintomas gripais no Rio Grande do Norte, a Escola de Música da UFRN ressalta a importância de continuar as medidas preventivas de conduta previstas pelo protocolo de Biossegurança da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP), com a finalidade de evitar o crescimento do contágio na EMUFRN.

Segue orientações dadas pela direção:

  • Apesar de não ser obrigatório na universidade, as autoridades de saúde voltam a recomendar o uso de máscaras em locais fechados, principalmente, em situações nas quais se esteja com sintomas gripais;
  • Qualquer pessoa que apresente sintomas da COVID-19, mesmo que leves, deve informar à chefia imediata ou à coordenação do curso e professor(es), quando se tratar de discente;
  • Todos (as) devem manter o isolamento social, ao apresentar os sintomas da COVID-19;
  • Servidores (as) e alunos (as) da residência universitária, deverão entrar em contato com a Comissão de Monitoramento COVID-19 (DAS) para orientação através do teleatendimento, ao apresentar quaisquer sinais e sintomas, através do serviço por meio do telefone (84) 99474-6679;
  • De modo necessário, as mãos devem ser higienizadas, ao chegar e ao deixar as dependências da EMUFRN, e sempre que houver deslocamento entre diferentes recintos. Para isso a EMUFRN dispões de totens com pedal e dispenser com álcool em gel, espalhados nos diversos ambientes do prédio;
  • Salientamos que para efeito do desenvolvimento das atividades acadêmicas e administrativas, prevalece o disposto na Instrução Normativa nº 021/2022-PROGESP, de 12 de maio de 2022, que estabelece o retorno de todos os servidores técnico-administrativos em educação, docentes e gestores da UFRN ao trabalho em modo presencial desde o dia 06/06/2022.

A Escola de Música permanece atenta quanto ao atual quadro pandêmico e mantendo contato com a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP), DAS e outros setores, em relação a possíveis mudanças no protocolo.

A diretoria pede a compreensão e colaboração de toda comunidade acadêmica, sobretudo em respeitar as medidas preventivas, para que possamos reduzir os riscos de contágio e poder conviver em um ambiente seguro.

compartilhe essa notícia:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no print