Últimos dias para a inscrição no Programa de Mestrado em Música

Sammara Bezerra de Agecom/UFRN


Estão abertas, até o dia 12 de maio, as inscrições para o programa de Mestrado na Escola de Música da UFRN (EMUFRN). Ao todo, serão ofertadas 17 vagas, distribuídas segundo a disponibilidade dos professores orientadores entre duas linhas de pesquisa: Processos e dimensões da formação em Música; e Processos e dimensões da produção artística.

De acordo com o edital, podem se candidatar graduados em Música ou candidatos em conclusão e diplomação de curso. Para a linha de pesquisa de Processos e dimensões da formação em Música, poderão candidatar-se projetos em Educação Musical. Já na linha de pesquisa Processos e dimensões da produção artística poderão ser submetidos projetos na área de performance musical que tenham como temática: Canto Popular, Clarinete, Música de Câmara, Percussão e/ou Bateria, Piano, Prática instrumental, Regência, Trombone, Trompa, Trompete, Violino e Violoncelo.

Para a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMus/UFRN), Joana Holanda, a pesquisa na área é ampla e multifacetada, sendo uma oportunidade de expansão. “Assim como as demais áreas de conhecimento, a música, enquanto ciência, delineia suas perspectivas de pesquisa por caminhos já experimentados e consolidados, mas em constante processo de atualização e de transformação. A pesquisa na área vem em ascensão com vistas a compreender este caráter multifacetado da música e de suas múltiplas interfaces com a sociedade”, explica Joana.

As etapas da seleção consistem em homologação das inscrições solicitadas, análise do pré-projeto de pesquisa e uma prova dissertativa-argumentativa para os candidatos aprovados nas primeiras fases. O exame será realizado em formato remoto no dia 1º de junho de 2023, às 9h. Além disso, será feita uma arguição sobre o pré-projeto de pesquisa e análise do vídeo de performance musical submetido pelo candidato.

A Orquestra Infantojuvenil abre seleção para novos alunos em 2023

Oferecemos aulas gratuitas de violino, viola, violoncelo e prática de orquestra na Escola de Música da UFRN, para alunos de todas as faixas etárias, à partir dos 08 anos de idade.

Interessados devem preencher o seguinte formulário entre 03 e 07 de abril. Alunos novos devem agendar uma entrevista presencial na segunda semana de abril, através do formulário.

Oferecemos também um curso de introdução ao violino, para alunos que não possuem o instrumento, com duração de 08 aulas.

Link para o formulário (Disponível para preenchimento entre 03 e 07 de abril):

https://forms.gle/JLErHe7Z8a6wpnNK7

Dúvidas entrar em contato através do email:

oijufrn@gmail.com

Filarmônica UFRN divulga resultado das audições seletivas

SELEÇÃO 2023 – CANDIDATOS SELECIONADOS

Violino I

André Albiergio de Lima Couto – Spalla

Jean Camelo do Nascimento

Nathan Rocha Neuman

Marcos Matheus Nascimento de Moura

Violino II

Aécio Vinícius de Oliveira Farias – Chefe de Naipe

José Felipe do Rego Aguiar

Patrick Pablo dos Santos

Abimael da Silva Costa

Viola

Lucas Carvalho de Araújo – Chefe de Naipe

Kainan Henrique da Silva Firmino

José Emanuel Araújo Bento

Jéssica Maria Pinto Brito

Violoncelo

Bruno Lomonaco Vieira Silva – Chefe de Naipe

Paulo Daniel Ferreira Rodrigues

Vinícius Lucio Bueno

Maria Clara Nascimento de Souza

Contrabaixo

Francisco Patrick de Sena– Chefe de Naipe

Gabriel de Morais Barreto

Alisson Mailson da Silva Martins

Flauta

Fábio Antônio de Oliveira Tavares – Chefe de Naipe

Evaneto de Albuquerque Melo

Anderson Bruno Lopes Soares

Clarinete

Liliane Félix da Silva – Chefe de Naipe

Gabriel de Oliveira Câmara

Fagote

Rivaldo de Lima Medeiros– Chefe de Naipe

Davi de Sousa Oliveira Santos

Trompete

Tálison Gabriel da Silva Vieira– Chefe de Naipe

Paulo Claudiomar Fernandes Júnior

Trompa

Davi Calmon Ramos– Chefe de Naipe 

Vanniellyson Vilker de Araújo Medeiros

Victoria Capeppeletti Azzolini

Fábio Daniel Ferreira

Trombone 

Laércio Ramos Garcês de Lima – Chefe de Naipe

Carlos Henrique Oliveira dos Santos

Paulo Clebson de Medeiros

Tuba

Júlio César Fernandes de Araújo