Música na Livraria - Foto: Reprodução/Instagram

Projeto Música na Livraria retorna em 2022

Música na Livraria, projeto de extensão com oito anos de existência, é uma parceria entre a Escola de Música (EMUFRN) e a Cooperativa Cultural da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O projeto tem o objetivo de desenvolver um trabalho de formação de plateias em música na cidade de Natal e também promover a produção musical da EMUFRN. Atualmente, a iniciativa ampliou o seu alcance através das redes sociais em um plano intenso de divulgação. A ação é coordenada pelo professor João Paulo Araújo com parceria da Cooperativa Cultural da universidade.

Plateia do projeto Música na Livraria. – Foto: Reprodução/Instagram

Os recitais, concertos e tributos são abertos para o público em geral, com acesso gratuito, e ocorrem uma vez por mês, nas sextas às 11h30, na Cooperativa Cultural da UFRN. As apresentações envolvem alunos, professores, grupos e músicos convidados.

O Música na Livraria foca na formação de plateias em música, por meio da escuta e apreciação e motiva um público com educação emocional. As plateias são formadas por pessoas que chegam para apreciar os recitais. Também é necessário relatar o desenvolvimento dos integrantes do projeto, pois o mesmo motiva o exercício artístico, acadêmico e a produção de publicações, artigos e experiências que serão projetadas para além da UFRN.

Confira aqui o Instagram do projeto Música na Livraria.

Projeto Música Viva - Foto: Arquivo EMUFRN

Podcast Música Viva da EMUFRN oferece música com educação

O projeto de extensão Música Viva começou como um programa de rádio da Escola de Música em parceria com a FM Universitária, entre os anos de 2006 e 2014. Os temas apresentados variavam entre gêneros musicais, instrumentos, intérpretes, compositores e produções próprias da EMUFRN. A iniciativa é orientada pelo professor Marcus André Varela Vasconcelos e conta com a colaboração de Alexandre Maiorino, Paulo Dantas e Waldecio da Silva.

De acordo com a organização do projeto, os seus objetivos são levar música de qualidade com informação à comunidade acadêmica e também fora da UFRN, bem como fomentar o interesse pela boa música, gerar materiais de estudo para Escola de Música e aumentar o interesse do público pela musicalidade.

Os episódios disponíveis possuem temas centrais ligados à música de concerto e são trabalhados por meio da estética, teoria e técnica. O intuito é compreender a obra tocada e situar-se perante contexto apresentado. Em relação às etapas de criação, existe a escolha de repertório, a pesquisa de temas e seleção de gravações que serão, posteriormente, editadas e gravadas no repositório do Auditório Onofre Lopes Digital.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, o programa foi disponibilizado em formato de podcast, estando acessível para qualquer ouvinte na rede. O projeto tem a intenção de continuar os seus trabalhos com novos episódios durante o ano de 2022. A transformação começou em 2020 e chegou até agora à marca de 15 mil acessos aos episódios. Os conteúdos disponíveis na plataforma do Auditório Onofre Lopes Digital abordam um cunho didático que complementa o ensino da música.

Por meio do alcance da internet, pode-se levar música de qualidade para uma grande quantidade de pessoas, e o Música Viva garante ao público apreciação e compreensão estética, social e política de diversas épocas por conta dos seus repertórios.

O conteúdo do Música Viva e os episódios estão disponíveis aqui.

Curso Primeiras Notas - Foto: Arquivo EMUFRN

Primeiro curso da EMUFRN para bebês e crianças abre inscrições amanhã

O Curso “Primeiras Notas” é destinado a crianças e bebês de 0 a 5 anos. A iniciativa é da professora Carolina Chaves Gomes e as aulas serão ministradas por alunos do curso de licenciatura em música.

O curso nasceu em 2020 com o intuito de servir como estágio supervisionado para estudantes em conclusão de curso. Hoje, atua de forma presencial na disciplina de Seminário em Educação de Música Infantil, servindo como um pequeno laboratório para os alunos que participam da disciplina.

Duas turmas serão abertas, uma de 0 a 3 anos e outra de 4 e 5 anos. É importante destacar que as inscrições começam amanhã, (16/06), e encerram no dia seguinte, sexta-feira (17/06) e devem ser feitas pela plataforma Sigaa. Os resultados serão divulgados na próxima semana.

A participação é gratuita e o processo de análise sobre as inscrições será feito pela ordem de inscrição, mas deve-se atentar para os requisitos propostos no edital.

Segundo a organização, a inscrição deve ser feita no nome da criança que vai participar do curso e não dos responsáveis.

“A importância é oferecer essas aulas de música para a comunidade de crianças entre 0 e 5 anos e que não faziam parte da comunidade atingida pela EMUFRN, e com esse curso, o público vai ser expandindo e atingir essas crianças. O curso é uma necessidade para o público da EMUFRN” disse Carolina Gomes, orientadora do curso.

Confira aqui o edital.